Conca diz que vai descansar antes de cirurgia e que volta na Libertadores

Meia confirma que renovação está encaminhada e que deve assinar por mais cinco anos. Argentino vai passar por operação no joelho esquerdo

Melhor jogador do Campeonato Brasileiro e presente nas 38 rodadas na gloriosa campanha do Fluminense,  Conca agora quer descansar. Em entrevista coletiva no condomínio em que mora na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, o jogador falou sobre o título nacional e os planos que tem para continuar nas Laranjeiras – ele confirma que deve assinar por mais cinco anos com o clube.

A principal novidade, porém, é que ele deve voltar ao Flu somente na Libertadores, ficando fora das primeiras partidas do Campeonato Carioca. O argentino terminou o ano sentindo dores no joelho esquerdo e será submetido a uma artroscopia, isso após um período de descanso. A cirurgia deve afastá-lo dos gramados por 30 dias. Segundo Conca, a prioridade é que esteja totalmente recuperado para o início da Libertadores (o Flu estreia em fevereiro contra o Argentinos Juniors, ainda sem data definida).

No descontraído papo, Conca se esquivou de falar sobre uma hipotética chance de vestir a camisa da Seleção Brasileira e reiterou o desejo de defender a Argentina. O jogador também falou sobre a convivência com outros astros do clube e seu status de ídolo.

Confira os principais trechos da entrevista

Renovação

– A gente já vem conversando, e as coisas estão encaminhadas. O Celso (Barros) tem vontade que eu fique, e eu também sempre falo que estou feliz. A proposta é de cinco anos, mas por mim eu permanecia por mais 20. Quero muito ficar, mas a gente sabe que precisa acertar algumas coisas para eu continuar muito tempo no Fluminense.

Cansaço e projeto das férias

– Foi um ano muito cansativo. Não é fácil encarar 38 jogos, e nos últimos eu comecei a sentir a correria, mas tive sorte de não me machucar. Vou descansar um pouco, viajar para as Bahamas e voltar com tudo.

Cirurgia

– Falei com os médicos (sobre a cirurgia), eles me disseram que a recuperação vai ser de um mês. Primeiro eu vou curtir, descansar, e então fazer a cirurgia. Quero me recuperar bem para não acontecer outras lesões. Por isso a ideia é descansar primeiro. Preciso ficar com minha família, há muito tempo não consigo ficar com eles.

Seleção argentina?

A Argentina tem grandes jogadores, mas todo mundo tem esperança de ser convocado. Estou muito feliz de estar realizando este trabalho, e se a convocação acontecer, vou ficar muito contente.

E se o Mano quiser convocá-lo para a Seleção Brasileira?

É difícil que isso aconteça. O Mano conta com grande jogadores, a camisa do Brasil é muito importante. Se ele chamar o Conca, vai tirar quem? Nunca parei para pensar como seria defender o Brasil. Teria que aparecer a oportunidade para eu dizer (como seria a sensação). Hoje eu falo que quero jogar na minha seleção.

Timidez nas entrevistas e português fluente

Vocês (jornalistas) me tratam bem, mas sou tímido, nunca fui de falar muito. Acho que esses últimos dias eu já falei tudo que tinha para falar. Ano que vem não precisa mais de entrevistas né? (risos). Agora sei falar um pouco melhor (o português) e consigo me soltar mais aqui na frente. Eu sei que sou muito fechado, mas estou me sentindo cada vez mais à vontade aqui.

Capitães levantando a taça

Quando eu falei que deveria ser o Fred, é porque na verdade ele é o capitão. Ano passado ele assumiu a responsabilidade, teve a personalidade de entrar e, mesmo criticado, demonstrou que é craque dentro e fora de campo. Era merecido ele levantar a taça, pois passou por momentos muito difíceis.

Convivência com Emerson

Só tenho coisa boa para falar dele. É uma grande pessoa, que chegou ao clube e ajudou todo mundo. Fala com todo mundo de forma igual, é muito cômodo chegar para falar com ele. Todos sabiam que ele estava com muita dor, e foi merecido fazer o gol do título. Foi guerreiro e conseguiu ajudar a gente.

Novas conquistas?

– Penso em algum dia poder ganhar uma Libertadores e o Carioca. Ainda tenho muita coisa pela frente e quero ganhar muita coisa com a camisa do Flu, que para mim é a mais bonita.

Argentinos Juniors, primeiro adversário do Flu na Libertadores

– Vejo um time forte e organizado. O campo deles é pequeno, e em um lateral podem fazer um gol. E time argentino em casa é sempre forte, vai ser empurrado pela torcida. Esperamos jogar bem contra eles e ter uma grande Libertadores.

Ídolo no Flu?

– Essa é uma pergunta mais para o torcedor. Eu me sinto muito bem aqui. Em 2008 (quando chegou), me trataram muito bem e hoje continuam me tratando da mesma forma. Então, deixo essa resposta para o torcedor. Só espero dar muito mais alegrias à torcida do Fluminense, que não merece passar 26 anos sem comemorar um titulo como esse.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: