Enderson, sobre Rafael Moura: ‘Ruim seria se gostasse de ficar no banco’

Assim como Fred, técnico interino do Fluminense vê com bons olhos a declaração do He-Man, que confessou estar insatisfeito com a reserva

Rafael Moura não esconde o descontentamento com a reserva. Substituto imediato de Fred, o atacante disse na última quarta-feira que estava, sim, insatisfeito em não ser titular da equipe do Fluminense. E a declaração soou bem para o treinador interino Enderson Moreira. Longe de polêmicas, ele elogiou o comportamento do He-Man, autor de de sete gols em 14 jogos na temporada.

– Eu vejo com ótimos olhos (a insatisfação com a reserva). Ainda bem que ele tem esse pensamento. Ruim seria se gostasse de ficar no banco. O interessante é que ele respeita a opção. É um jogador com caráter e muito importante para o grupo .

Outro representante da equipe que entendeu a posição de Rafael Moura foi Fred, concorrente por uma vaga no ataque.

– Normal ele falar que está insatisfeito. Todo mundo quer jogar. Falo para eles (jogadores) tomarem cuidado para não cair na pilha nas perguntas da coletiva. Não concordo, mas acho até normal o modo de vocês (jornalistas) quererem tratar alguma coisa. Para ter notícia, querem desestabilizar alguma coisa. Tem conversa entre nós, jogadores. Peço precaução no que vai falar, cuidado.

O próprio jogador voltou a se pronunciar nesta quinta. Através de sua assessoria de imprensa, ele explicou a declaração.

– Tenho feito meu trabalho da melhor maneira, e, quando digo que estou insatisfeito no banco, é porque não me acomodo. Nenhum jogador fica feliz quando está na reserva. Se ficar é porque há algo de errado. Aqui no Fluminense todos os atacantes que estão no grupo são grandes jogadores e grandes amigos. Existe muito respeito entre nós e sabemos que a briga pela posição vai acontecer dentro de campo, durante os treinamentos e os jogos. É uma disputa sadia e leal.

Apesar de entender a preocupação do atacante, Enderson Moreira deve optar por Fred e Emerson para o jogo do próximo domingo, às 16h (horário de Brasília), contra o Nova Iguaçu, no Moacyrzão, pela última rodada da Taça Rio. Os dois treinaram entre os titulares nas Laranjeiras durante coletivo em campo reduzido e devem formar a dupla de ataque. Porém, o treinador avisa que nenhum jogador está descartado.

– Futebol é momento. E tanto o Emerson quanto o Fred são jogadores que conto muito. Eles estão evoluindo a cada jogo e sabemos o potencial deles. Temos também dois grandes atletas (Araújo e Rafael Moura) aguardando a oportunidade e joga quem estiver melhor.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: