Flu conhece caldeirão da ‘decisão’ de quarta e recebe apoio de Maria Vitória

Tricolor de dez meses de idade vai com o pai ao estádio Diego Armando Maradona, palco do jogo com o Argentinos Juniors, assistir a treino do Flu

Arquibancadas a dois metros da linha lateral do campo, dimensões de gramado reduzidas e 25 mil torcedores contra, gritando o tempo todo. É neste clima de caldeirão que o Fluminense vai decidir sua vida na Libertadores, contra o Argentinos Juniors, na noite de quarta-feira. Nesta terça, o grupo tricolor fez o treino de reconhecimento no estádio Diego Armando Maradona, em Buenos Aires.

O caldeirão do Argentinos Juniors não tem este nome por acaso. Foi no modesto clube portenho que o maior jogador da história do futebol argentino deu seus primeiros chutes como profissional, ainda adolescente. Após a reforma a que foi submetido o estádio, em 2003, o nome de Dieguito passou a batizar o local.

No campo, que mede 100×66 metros (o Engenhão, por exemplo, tem 105×68 metros), o técnico Enderson Moreira comandou uma atividade leve nesta terça. Ele dividiu o grupo em três times, que exercitaram o toque de bola (cada atleta só podia tocar uma vez). Depois, o grupo treinou finalizações. Enderson deve repetir a equipe que derrotou o Nova Iguaçu, por 1 a 0, no último domingo. A única dúvida, segundo o próprio treinador, é o companheiro de Fred no ataque. Araújo e Emerson disputam a vaga.


Nas arquibancadas, 15 torcedores do Fluminense acompanharam o treinamento (para o jogo, são aguardados entre 700 e 1.000 tricolores no estádio). Dentre eles, dois em especial chamaram a atenção: o engenheiro Dumont Caldas e a filha, Maria Vitória, que tem dez meses e é nascida na Argentina. Seria o nome da menina um bom presságio para o Flu?

– Ela nasceu ano passado e já foi campeã brasileira. Esperamos que dê sorte de novo – disse Dumont, que mora em Buenos Aires e é casado com uma argentina.

A bola rola para Argentinos Juniors x Fluminense às 21h50m desta quarta-feira, com transmissão do SporTV. Ao Tricolor, só a vitória interessa. Além de conquistar os três pontos, o time ainda precisa torcer para que o América-MEX bata o Nacional, em Montevidéu. No caso de empate entre uruguaios e mexicanos, o Fluminense precisa vencer por dois ou mais gols de diferença. Vitória do Nacional elimina o Tricolor.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: